NA PRAIA

R$49,90

Qtd:
Resenha

Inglaterra, 1962. As profundas mudancas na moral e no comportamento sexual que abalariam o mundo ao longo daquela decada ainda estao em estado de gestacao. Edward Mayhew e Florence Ponting, ambos virgens, se instalam num hotel na praia de Chesil, perto do canal da Mancha, para celebrar sua noite de nupcias. Ele e um rapaz recem-formado em historia, de origem provinciana, cuja mae e deficiente mental, e o pai e professor secundario. Ela e uma violinista promissora, lider de seu proprio quarteto de cordas, filha de um industrial e de uma professora universitaria de Oxford. O desajeitado encontro intimo desses dois jovens ainda marcados pelos resquicios da repressiva moral vitoriana e repleto de lances comicos e comoventes, configurando uma autentica tragicomedia de erros. Na praia, entretanto, vai alem disso. Por conta da refinada arte narrativa de Ian McEwan, o drama dos recem-casados transcende o registro particular e o retrato de epoca para alcancar a dimensao de uma obra universal sobre o momento da perda da inocencia, essa expulsao do paraiso que e um ponto de inflexao na vida de todo individuo. Com sua prosa precisa, tao sutil quanto implacavel, McEwan alterna os pontos de vista de Edward e Florence, radiografando seus pensamentos e motivacoes mais secretos. O sentimento tragico que fica no leitor vem da percepcao dos estragos profundos e duradouros que um pequeno gesto, um unico mal-entendido, uma palavra infeliz podem causar na vida dos personagens. Com esse romance compacto, intenso, inteirico como um poema ou uma peca musical, o autor confirma seu notavel talento para captar e expressar os descaminhos da vida interior. Em Na praia, encontramos um Ian McEwan maduro, no mesmo estilo de Reparacao e Sabado . - The Guardian McEwan e um escritor brilhante . - The Observer

Nome do Autor

Mcewan, Ian

Editora

Cia Das Letras

Dimensão

21x14x1

Peso

0.100

Categorização

Fb - Ficcao: Geral & Literaria
Ficcao: Geral E/ou Literaria

Share:

Produtos Relacionados