Notre-Dame de Paris

R$82,00

Qtd:
Resenha

Notre-Dame de Paris e um inequivoco exemplo do poder da imaginacao, da eficaz utilizacao de mitos medievais e da construcao de uma obra que soube cair nas gracas do publico. Unindo historia, aspectos grotescos, trama passional, a obra atinge patamares de excelencia literaria que deixam antever o Victor Hugo de obras tardias como Os miseraveis e O homem que ri. Victor Hugo nos apresenta uma Paris repleta de figuras impares, a comecar pelo incontornavel Quasimodo, que se tornaria uma das figuras mais conhecidas do legado literario universal. Paris, em 1482, um poeta inseguro e galanteador de nome Gringoire se perde na babelica e mal-afamada Corte dos Milagres. Uma jovem e atraente cigana, La Esmeralda, o salva, para logo depois virar cobica de um arquidiacono decadente e doentio (Claude Frollo), que encarrega o batedor de sinos da catedral parisiense, o miseravel e repulsivo corcunda Quasimodo, de rapta-la. Ela e libertada por um bem-apessoado oficial (Phoebus), por quem se perde de paixao. Quasimodo e torturado por sua tentativa de sequestro, mas a propria jovem nao o condena. O arquidiacono tenta liquidar o oficial, mas consegue que inculpem a cigana, que por sua vez e colocada no pelourinho para confessar. Quasimodo consegue liberta-la e leva-la para a Notre-Dame, onde deveria estar a salvo...

Nome do Autor

Victor Hugo

Editora

Estacao Liberdade

Dimensão

21,0x14,0x3,0cm

Peso

0.645

Categorização

Literatura Francesa; Corcunda
Biografia, Literatura E/ou Est
Ficcao: Geral E/ou Literaria

Share: