O homem que ri

R$87,00

Qtd:
Resenha

O Homem que Ri, monumental romance publicado originalmente em 1869, chega para preencher uma importante lacuna de mercado, uma vez que se trata da primeira traducao da obra no Brasil. Victor Hugo evidencia em O Homem que Ri os paradoxos que conferem a seus personagens sua mais verossimil humanidade: a violencia e a ternura, o horror e o sublime, a humilhacao e a dignidade, em meio ao tradicional cenario social que opoe a aristocracia opressora e a plebe oprimida, na Inglaterra dos seculos XVII e XVIII. O Homem que Ri e como passara a ser chamado o personagem Gwynplaine. Por ser filho de um inimigo politico do rei, ele fora entregue ainda pequeno aos comprachicos, uma trupe de figuras hediondas que faziam do crime uma industria, ao deformar criancas para explora-las em atracoes de freak show. No caso de Gwynplaine, ele teve os cantos da boca estendidos , como se passasse a carregar no semblante um sorriso permanente. Abandonado depois pelos proprios comprachicos, Gwynplaine se ve vagando sozinho pelo mundo ate deparar-se com Dea, uma crianca cega e igualmente perdida, que perdera a mae, vitima do inverno congelante. Gwynplaine e Dea, sao acolhidos pelo velho Ursus, um artista saltimbanco, de coracao generoso. Os tres se tornam uma especie de familia, e passam a ganhar a vida apresentando-se em espetaculos populares.

Nome do Autor

Victor Hugo

Editora

Estacao Liberdade

Dimensão

21,0x14,0x4,0cm

Peso

0.781

Categorização

Roger Borderie; Literatura Fra
Ficcao: Geral E/ou Literaria

Share: