Performance Como Linguagem

R$39,90

Qtd:
Resenha

No seu movimento de aproximacao entre vida e arte, a performance resgata uma pratica radical, em que se da vazao a uma criatividade pulsional e existencial que transmuta os seus elementos de expressividade do aqui e agora da vivencia e amplia as fronteiras da investigacao e da experimentacao artisticas. Herdeira de movimentos de ruptura como o Dada, happening e contracultura, a performance provocou, nas ultimas decadas, uma revitalizacao das artes, rompendo com a representacao estratificada e as convencoes teatrais e dando dinamicidade a cena do espetaculo, assim como as artes plasticas. Em Performance como Linguagem, Renato Cohen, pesquisador e performer, investiga as especificidades desta nova linguagem e, num confronto com a cena do teatro, analisa as solucoes que o espetaculo performatico da aos problemas da criacao, encenacao e atuacao. A partir da observacao das realizacoes de artistas como Joseph Beuys, Laurie Anderson e grupos como o Fluxus, entre outros, sao focalizadas as diversas vertentes da performance, que vao dar ritualizacao a arte conceitual, bem como ao chamado teatro de imagens. Estudando a manipulacao de signos com que os artistas criam estas formas de encarnacao imagistica e expressiva dos espacos cenicos, propoe uma especie de antimidia que se contrapoe ao discurso da midia institucionalizada.J.G.

Nome do Autor

Cohen, Renato

Editora

Perspectiva

Dimensão

20,5x11,5x1,0cm

Peso

0.180

Categorização

Performer; Pesquisa; Teatro; E

Share: