Perto Do Coracao Selvagem

R$32,00

Qtd:
Resenha

A amoralidade diante da maldade. O instinto na conducao da trama, com uma certa dose de automartirio. A historia de Joana nao a Virgem d Orleans, mas a personagem de Clarice Lispector nesta obra de estreia, marcou a ficcao brasileira em 1944. A narrativa inovadora (ainda hoje) provocou frisson nos circulos literarios. A tecnica de Clarice Lispector funde subjetividade com objetividade, alterna os focos literarios e o tempo cronologico da lugar ao psicologico (o presente entremeado ao intermitente flashback). A prosa leve discorre com fluencia e fluidez nos meandros da protagonista, na sua visao de mundo e interacao com os demais personagens. Tudo isso revelou Clarice Lispector como mais que mera promessa na prosa da Geracao de 45. E o texto do sensivel e do imaginario, ora enfrentando ora diluindo-se aos incidentes reais de Joana. A leitura e caleidoscopica. A protagonista ora tem uma cor, ora outra, conforme o momento ( real ou onirico). As cores dancam no enredo misturado ao cenario e as sensacoes da menina-mulher-amante. Joana desfila na vida dos outros personagens, destilando o veneno de vibora, instilado com ironia e respostas crueis diante dos fatos. A leitura tambem e ludica, quando o leitor tenta adivinhar o que a autora preparou paginas adiante e se surpreende com o que presencia. O livro, como os demais titulos de Clarice Lispector relancados pela Rocco, recebeu novo tratamento grafico e passou por rigorosa revisao de texto, feita pela especialista em critica textual Marlene Gomes Mendes, baseada em sua primeira edicao.

Nome do Autor

Lispector, Clarice

Editora

Rocco

Dimensão

21,0x14,0x1,2cm

Peso

0.225

Categorização

Literario; Literatura Brasilei

Share: